Barreiro da Faneca e Costa Norte

Barreiro da Faneca e Costa Norte

Esta zona de paisagem protegida estende-se desde a Ponta dos Frades até à Ponta do Norte e abrange o Barreiro da Faneca e as Baías do Raposo, da Cré e do Tagarete.

O Barreiro da Faneca é uma vasta superfície de terreno árido e argiloso, constituindo uma paisagem desértica de cor amarelo-avermelhada de feição única nos Açores. Em seu redor, para além de alguma vegetação exótica, encontram-se espécies da flora primitiva dos Açores como urzes, faias e tamujos, cuja verdura contrastante dá ao local um aspecto de oásis.

Contígua a este, encontra-se a Baía da Cré, rica em jazidas de fósseis marinhos muito raros em regiões vulcânicas. As arribas alcantiladas desta baía são de grande beleza paisagística.

Em continuidade, segue-se a Baía do Raposo, igualmente de grande valor paisagístico pelas suas escarpas, as quedas de água e a foz da ribeira.

Por outro lado, a Baía do Tagarete e a zona contígua são importantes em termos geológicos, devido aos seus depósitos de fósseis marinhos; constituem também um local importante de nidificação de aves marinhas.

De salientar ainda a importância ecológica destas baías, servindo as suas arribas e o Ilhéu das Lagoinhas como santuários para nidificação de várias espécies protegidas – além do cagarro e do garajau-rosado atrás mencionados, também o garajau-comum (Sterna hirundo) aí constrói o seu ninho.